O uso da psicanálise na psiquiatria

  • Francis Moreira da Silveira
  • PhD Fabiano de Abreu Agrela Rodrigues

Resumen

O presente estudo formou-se a partir dos conceitos basilares e suas relevâncias perante a psiquiatria. Objetivou-se, em linha gerais, aprofundar a psicanálise na psiquiatria correlacionando os transtornos mentais e a forma com que ambas as áreas são aplicadas atualmente. A pesquisa qualitativa desenvolveu-se a partir de obras de autores como: Travaglia (2014), Simões e Gonçalves (2019), Dunker e Kyrillos Neto (2011), Schwartzman (1997), Siqueira (1989), Sohsten e Medeiros (2016), Szajnbok (2013), Figueiredo (1999), Guerra e Vieira e Souza (2006), Lourdes e Fernandes (2015) e Figueiredo e Tenório (2002). A revisão bibliográfica, por outro lado, denotou-se quanto a amplitude da temática selecionada na contemporaneidade do mesmo modo que a psicanálise e a psiquiatria apresentam um histórico substancial. Por consequência, os profissionais de ambos os campos possuem o dever de compreender integralmente os pacientes para assim definir as melhores opções de tratamento de acordo com a condição apresentada e cada uma de suas derivações. 

Palabras clave: psicanálise, psiquiatria, freud, lacan

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Citas

DUNKER, C. I. L.; KYRILLOS NETO, F. 2011A crítica psicanalítica do DSM-IV: breve história do casamento psicopatológico entre psicanálise e psiquiatria. Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental, São Paulo, v. 14, n. 4, p. 611-626, 2011. Disponível em:

FIGUEIREDO, A. C. A relação entre psiquiatria e psicanálise: uma relação suplementar em Informação Psiquiátrica. 1999. Disponível em: https://www.researchgate.net/. Acesso em: 23 de julho de 2022.

FIGUEIREDO, A. C.; TENÓRIO, F. O diagnóstico em psiquiatria e psicanálise. Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental [online]. 2002, v. 5, n. 1, pp. 29-43. Disponível em: https://www.scielo.br/. Acesso em: 26 de julho de 2022.

GUERRA, A. M. C.; VIEIRA E SOUZA, P. Reforma psiquiátrica e psicanálise: diálogos possíveis no campo da inserção social. Psicol. Am. Lat., México , n. 5, 2006. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/. Acesso em: 23 de julho de 2022.

LOURES, N. R. P.; FERNANDES, P. B. A soberania da clínica: além do diagnóstico em psiquiatria e psicanálise. Estilos da Clínica, 20(2), 279-295. 2015. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/. Acesso em: 26 de julho de 2022.

NEVES, J. L. Pesquisa Qualitativa – Características, Usos e Possibilidades. Caderno de Pesquisas em Administração, São Paulo, v.1, nº 3, 2º Sem./1996. Disponível em: https://www.hugoribeiro.com.br/. Acesso em: 25 de julho de 2022.

SCHWARTZMAN, R. S. Psiquiatria Psicanálise e Psicopatologia. Psicologia, Ciência e Profissão. 1997. Disponível em: https://www.scielo.br/. Acesso em: 23 de julho de 2022.

SIMÕES, A.; GONÇALVES, G. Psicanálise e psicopatologia: olhares contemporâneos. São Paulo: Blucher, 2019. 174 p. Disponível em: https://portolivre.fiocruz.br/. Acesso em: 21 de julho de 2022.

SIQUEIRA, E. S. de. Influências da Psicanálise sobre a Psiquiatria. Psicologia: Ciência e Profissão. 1989, v. 9, n. 2 , pp. 19-21. Disponível em: https://www.scielo.br/. Acesso em: 25 de julho de 2022.

SOHSTEN, P. von; MEDEIROS, C. P. de. O diagnóstico: da psiquiatria à psicanálise. Reverso, Belo Horizonte , v. 38, n. 72, p. 59-65, dez. 2016. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/. Acesso em: 25 de julho de 2022.

SZAJNBOK, M. A psicanálise e o futuro da psiquiatria. Jornal Psicanal., São Paulo , v. 46, n. 85, p. 89-98, 2013. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/. Acesso em: 26 de julho de 2022.

TRAVAGLIA, A. A. da S. Psicanálise e saúde mental, uma visão crítica sobre psicopatologia contemporânea e a questão dos diagnósticos. Psic. Rev. São Paulo, volume 23, n.1, 31-49, 2014. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/. Acesso em: 21 de julho de 2022.

Publicado
2022-08-31
Cómo citar
Moreira da Silveira, F., & Agrela Rodrigues , F. de A. (2022). O uso da psicanálise na psiquiatria. Ciencia Latina Revista Científica Multidisciplinar, 6(4), 2848-2862. https://doi.org/10.37811/cl_rcm.v6i4.2802
Sección
Artículos