Inteligência emocional é crucial para otimizar e melhorar os negócios

  • Dr. Fabiano de Abreu Agrela Rodrigues

Resumen

As decisões humanas são mais complexas do que os modelos usados ​​para simulá-las. Elas envolvem cuidadosa consideração dos riscos e benefícios associados às escolhas, ou exigem uma variedade de ações, incluindo várias alternativas, possibilidades e deduções de possíveis consequências futuras; mesmo assim, essa racionalidade está claramente sujeita ao desenvolvimento de estruturas impulsivas do sistema límbico etc. O objetivo do trabalho consiste em entender sobre a inteligência emocional e sua aplicação como meio de otimizar e melhorar os negócios. A partir de uma revisão bibliográfica focada em estudos desenvolvidos sobre a temática encontrados em base de dados como o SciELO e Google acadêmico nos últimos dez anos, utilizando para a pesquisa, palavras-chave como: “Inteligência Emocional”; “Otimização de negócios”; “Gestão de Pessoas”. Como resultados, obteve-se que a a neurociência ajuda a analisar os processos de tomada de decisão. Em termos de achados relacionados à função cerebral, pesquisas nas últimas décadas mostraram que o cérebro opera de forma especializada, mas também de forma integrativa, por isso é impossível saber qual área é 100% responsiva a um determinado comportamento confiança.

Palabras clave: inteligência emocional, otimização de negócios, gestão de pessoas

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Citas

AMARAL, F. R. G. Inteligência emocional e percepção da performance. Instituto Universitário de Lisboa, ISCTE Business School, Mestrado em Gestão (Dissertação), 2012, 69p.

ANTUNES, Enéia Viviane, STEFANO, Silvio Roberto; BERLATO, Heliani. A motivação para o trabalho e sua importância estratégica: análise da perspectiva individual em uma empresa do ramo de auto peças e serviços. IV Encontro de gestão de pessoas e Relações de Trabalho. Brasília/ DF. 2013.

COLOMBO, Carini Roque. Estudo dos fatores que determinam a motivação dos colaboradores de uma empresa metalúrgica localizada no município de Criciúma – SC. Monografia apresentada para a obtenção do grau de Bacharel em Administração, no Curso de Administração Linha de Formação Específica em Administração de empresas da Universidade do Extremo Sul Catarinense – UNESC. 2015.

DIAS, Vanessa; STOCCO, Josete Passamani. Motivação no ambiente de trabalho: um estudo em uma instituição de ensino superior. Estudo monográfico realizado para conclusão do curso de Secretariado Executivo Bilíngue, da Universidade de Passo Fundo. 2012.

FERREIRA, F. C. A importância da inteligência emocional no contexto organizacional. In: Congresso Nacional de Excelência em Gestão, 2016.

FERREIRA, Claudio José Cabral A importância da motivação para a satisfação no trabalho: estudo dos funcionários da Hidrel de Caraguatatuba/ São Sebastião/ Ubatuba. / Claudio José Cabral Ferreira. – Caraguatatuba, 2017.

GONZALEZ, Rodrigo Valio Dominguez; MARTINS , Manoel Fernando. Melhoria contínua e aprendizagem organizacional: múltiplos casos em empresas do setor automobilístico. Gest. Prod., São Carlos, v. 18, n. 3, p. 473-486, 2011.

GOLEMAN, D.; BOYATZIS, R.; MCKEE, A. O poder da inteligência emocional: Como liderar com sensibilidade e eficiência. 1a ed., Ed. Objetiva, Rio de Janeiro-RJ, 2002, 21p.

MELO, Fernanda Augusta de Oliveira, REIS, Patricia Nunes Costa, SOUZA, Agamenmom Rocha; MAGALHÃES, Ariane Candido; SOUZA, Bianca Rodrigues de. Como o clima organizacional repercute no nível de estresse Ocupacional. Simpósio de Excelência em Gestão e Tecnologia, 2013.

MENDES, A. R. C. O papel moderador da inteligência emocional na relação entre regulação emocional e bem-estar: Um estudo com trabalhadores portugueses. Universidade de Coimbra, Mestrado em Psicologia das Organizações e do Trabalho (Dissertação), 2014, 53p.

MIGUEL, F. K. Psicologia das emoções: uma proposta integrativa para compreender a expressão emocional. Psico-USF, v. 20, n.1, 2015, pp.153-162.

REGO, A.; PINHA, E. C. M.; SOUTO, S. Espiritualidade nas organizações e comprometimento organizacional. RAE-eletrônica, v.6, n.2, 2007, pp.1-27.

REGO, A.; FERNANDES, C. Inteligência emocional: Contributos adicionais para a validação de um instrumento de medida. Psicologia [online]. v.19, n.1-2, 2005 pp.139-167.

SILVA, Karina Ramos da, Estresse no Ambiente de Trabalho: causas, consequências e prevenções. 2013 47p. Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) – Administração Instituto Municipal de Ensino Superior de Assis. FEMA: Assis.

SOUZA, Dércia Antunes de, CARDOSO, Wallace; FAJAN, Fernanda Deolinda; NABARRO, Cristina Becker Matos; OLIVEIRA, Marcos Antonio Maia de. Análise dos fatores motivacionais: um estudo de caso em uma microempresa. XIV Simpósio de Excelência em gestão e Tecnologia- Ética e Gestão, Juntas por um crescimento sustentável. 2017.

SPREA, J. Inteligência emocional: o diferencial nas organizações educacionais competitivas. Instituto Superior de Ciências do Trabalho e de Empresas, ISCTE Business School, Mestrado em Gestão de empresas (Dissertação), 2009, 181p.

TEIXEIRA, Andréia Rosane de Alcântara; FERNANDES, Priscila de Souza; ALMEIDA, Luciana Porto de Mattos; SOUZA, Agamemnom Rocha; REIS, Patrícia Nunes Costa. A Influência da Inteligência Emocinal na Tomada de Decisão Gerencial. XI Simpósio de Excelência em gestão e Tecnologia, 2014.

VILELA, Adriana Vieira. A importância da motivação e sua influência no ambiente de trabalho. Apresentação de Monografia como condição prévia para a conclusão do curso de Pós-Graduação “Latu-Sensu” em Gestão de Recursos Humanos. Rio de Janeiro, 2010.

Publicado
2022-08-31
Cómo citar
Agrela Rodrigues , F. de A. (2022). Inteligência emocional é crucial para otimizar e melhorar os negócios. Ciencia Latina Revista Científica Multidisciplinar, 6(4), 2783-2799. https://doi.org/10.37811/cl_rcm.v6i4.2798
Sección
Artículos

Artículos más leídos del mismo autor/a

1 2 > >>